sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

BOAS FESTAS!


O blog do direnna jamais poderia deixar de desejar a todos que o acessam, contumazes, eventuais ou os simples curiosos, um Natal e um Ano Novo cheio de realizações. E que o espírito destas festas, principalmente o do nascimento de Cristo, sensibilize os corações mais sedentos de vingança ou quaisquer outros sentimentos desprezíveis.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

DILMA E "O SOMBRA"

Durante um bom tempo, fiz duras críticas ao presidente Lula por tentar minimizar escândalos, acobertar tantos outros, defender "companheiros", se aproximar de ditaduras e, principalmente, quando dizia não saber de nada e que desconhecia coisas tão próximas a ele e ao seu governo. Faltando 10 dias para passar a bola-, como gosta de dizer -, para Dilma Rousseff, Lula sai com a certeza do dever cumprido pois se mostrou um grande líder, a despeito de todas estas críticas e conseguiu imprimir a marca vitoriosa de alguém que mesmo limitado em vários aspectos deu continuidade e lançou projetos sociais importantes, ganhando a confiança do povo e alcançando um nível de popularidade jamais visto na história política deste país. Com um crédito muito mais pessoal do que de seu próprio partido, o PT, o ex-metalúrgico deixa o Palácio do Planalto dando um até logo e já em campanha para 2014, pois ficou claro que, para ele, governar o Brasil tornou-se sua cachaça e que não pretende sair da vida pública nem um instante. A interrupção deste ciclo também já começa a nos mostrar que as principais diferenças entre os presidentes Lula e FHC não se restrigem só à barba e ao nível intelectual, tão pouco à maneira de oposição e situação governarem. Enquanto FHC fez coisas importantes para o país, mas não se preocupou em trabalhar uma marca que lhe permitisse a perpetuação e não fez campanha para seu sucessor (tanto é que poucos lhe atribuem, por exemplo, o Plano Real e os programas de combate à pobreza), Lula usou e abusou da publicidade, foi sempre muito generoso com seus aliados, se engajou na eleição e reeleição de governadores (que pode lhe dar suporte), aderiu à campanha legislativa e subiu em palanques por todo o país pedindo votos, escancaradamente, para sua candidata a qual, dificilmente, conseguirá se livrar da sombra de seu eterno "muso". Demonstrando já estar com saudades do poder e enquanto espera, ávido, a chegada do período que mais conhece, o eleitoral, Lula continua indicando nomes, gravando entrevistas e se colocando à disposição para que o próximo governo "seja igual aquele que passou..."

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

TIRIRICANDO

No aspecto político somos, mesmo, um país de m.... Um modesto comediante, analfabeto funcional, se candidata a deputado federal pelo estado mais 'avançado' da federação e obtém quase 1,5 milhão de votos. Sem projetos importantes, além de pessoais como ajudar a família e comprar um confortável apartamento, o agora Vossa Excelência é o retrato do quadro dantesco em que o Brasil se encontra, elegendo ou reelegendo pessoas inescrupulosas, fichas sujas, todos devidamente acobertados pela lei que contempla pessoas com poucos votos através de coligações e outras com algum tipo de poder ou esperteza. A nova presidente, a exemplo de Lula, também não conseguirá sancionar mudanças significativas na pretensa reforma eleitoral que representem o término da compra de voto, uso da máquina, corporativismo e tantos outros métodos que beneficiem a classe política brasileira.

sábado, 18 de dezembro de 2010

PRA SE PENSAR


Brasil? Fraude explica.
(Carlito Maia).

**************************

- Pior do que o fim do mundo, para mim é o fim do mês.
(Zeca Baleiro).

**************************

- Ironia é para intelectuais.
(Goebbels)

**************************

- Acho o Brasil infecto. Não tem atmosfera mental; não tem literatura; não tem arte; tem apenas uns políticos muito vagabundos.
(Carlos Drummond de Andrade)

**************************

- Como se algum político, com exceção de meia dúzia de três ou quatro,
representasse alguém, a não ser a si mesmo, a família e aderentes.
(João Ubaldo Ribeiro)


- Democracia é quando eu mando em você. Ditadura é quando você manda em mim.
(Millôr Fernandes)

**************************
- No Brasil, quem tem ética parece anormal.
(Mário Covas)

**************************

- Não é triste mudar de ideias; triste é não ter ideias para mudar.
(Barão de Itararé)

**************************


- O sol nasce para todos, a sombra pra quem é mais esperto.
(Stanislaw Ponte Preta).

**************************

- Nada nos humilha mais do que a coragem alheia.
(Nelson Rodrigues).

**************************

Celulites não são apenas celulites, elas querem dizer..."Eu sou gostosa". Só que em Braille !!!

(Rita Cadilac - ex-chacrete)

**************************

O que te engorda não é o que você come entre o Natal e o Ano Novo, mas o que você come entre o Ano Novo e o Natal !

(Hebe Camargo)

**************************

Se o horário oficial é o de Brasília, por que a gente tem que trabalhar na segunda e na sexta-feira ?

(Marta Suplicy)

**************************

Por maior que seja o buraco em que você se encontra, pense que, por enquanto, ainda não há terra em cima.

(Yasser Arafat)

**************************

Não me considere o chefe; considere-me apenas um colega de trabalho que tem sempre razão...

(George Bush)

**************************

Os psiquiatras dizem que uma em cada quatro pessoas tem alguma deficiência mental...Fique de olho em três de seus amigos. Se eles parecerem normais, o retardado é você.

(Palloci)

**************************

Todo mundo tem cliente. Só traficante e analista de sistemas é que tem usuário.

(Bill Gates)

**************************

Seja legal com seus filhos. São eles que vão escolher seu asilo.

(Desconhecido)

**************************



segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

GENEROSIDADE EM ALTA

Para a classe política brasileira, o governo vai continuar vendo a crise econômica mundial como uma simples "marolinha", pois o Congresso prepara-se para aprovar aumentos milionários de seus salários. A proposta, que deverá ser aprovada até amanhã (quarta-feira), prevê aumentos de 61,8% nos salários de deputados e senadores, 130% nos salários dos ministros e 134% nos ordenados do presidente e do vice-presidente. A justificativa para aumentos tão generosos é equiparar os ordenados dos três poderes. Em contrapartida, no país real, aquele onde o salário mínimo é um dos mais baixos do mundo, o aposentado vive, literalmente, pela hora da morte e cresce o número de desempregados, os mesmos políticos cortam verbas destinadas à Saúde, à Educação e investimento em infraestrutura para o orçamento do ano que vem. Tudo nesta quarta, último dia de trabalho da atual legislatura e do Congresso Nacional que se preparam para as "generosas" férias e, para os eleitos, com os bolsos "mais generosos".

sábado, 11 de dezembro de 2010

NEM MOREIRA NEM CÔRTES



Minha torcida pessoal só serviu mesmo para o título do Fluminense. Quanto às indicações políticas, ela não emplacou nem o possível ministério das Cidades para Moreira Franco - que avalio importante para o Rio de Janeiro, - muito menos para o secretário de Saúde, Sérgio Côrtes, sobre o qual tive excelente impressão meses atrás em jantar com o prefeito de Quissamã, Armando Carneiro, ocasião em que demonstrou totais condições de assumir a pasta a nível nacional. Se a presidente eleita, Dilma Rousseff, não aceitar as indicações do PMDB perdem os fluminenses e os brasileiros que deixam de contar com ações bem sucedidas de dois bons homens públicos.

PRECISAMOS MELHORAR MUITO

A revista britânica The Economist diz que dados recém-divulgados pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) mostram que a educação brasileira teve “ganhos sólidos” na última década. Ainda assim, a revista afirma que “o progresso recente meramente elevou o nível das escolas de desastroso para muito ruim”. A Economist se referia à divulgação do 4º Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), que mediu o nível da educação em 65 países. O Brasil ficou na 53º colocação, tendo obtido 412 pontos em leitura, 386 em matemática e 405 pontos em ciência.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

NÃO À CENSURA


Nada como o apagar das luzes para um fim de mandato. Primeiro foi a votação da mudança do regime de pagamento dos royalties do petróleo que, passando à partilha, promete redistribuir o benefício a todos os estados e municípios brasileiros tornando-os "ricos". Faltando poucos dias para o fim de todos os mandatos, o presidente Lula diz que irá vetar a emenda que trata deste assunto e encaminhará uma 'bendita' medida provisória para deixar todos felizes. A segunda coisa relevante, entre tantas que os simples mortais sequer ficam sabendo, é a versão do projeto do governo para o setor de telecomunicação e radiodifusão que prevê a criação de um novo órgão, a ANC (Agência Nacional de Comunicação), para regular o conteúdo de rádio e TV. Coordenado pelo ministro Franklin Martins, pretende discutir um novo marco regulatório para o setor. A nova agência teria poderes para multar empresas que veicularem programação considerada ofensiva, preconceituosa ou inadequada ao horário. Representantes do setor estão bastante temerosos em que a proposta abra brechas para cercear jornalismo e dramaturgia, significando a volta da censura, o que é negado pelo governo pois o conteúdo será analisado depois de veiculado. Para quem tem pelo menos uma vaga lembrança do velho regime autoritário, que mantinha "seu pessoal" em emissoras e centros de cultura, projetos como estes não são bem-vindos pois se parecem mais com um carcinoma a controlar e aniquilar vidas.

Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue
Como beber dessa bebida amarga
Tragar a dor, engolir a labuta
Mesmo calada a boca, resta o peito
Silêncio na cidade não se escuta

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

EDUCAÇÃO AINDA EM BAIXA

O Programa Internacional de Avaliação de Alunos – PISA, apenas confirmou o que já se esperava. Apesar da média brasileira ter melhorado um pouco, a educação ainda continua aquém do que se espera dela e continua a nos envergonhar. Como uma das economias mais pujantes do planeta e com todos os investimentos que o governo tem feito no últimos anos, não se concebe mais ocuparmos posições tão incompatíveis com tudo isto. Para muitos educadores, o problema está no sistema arcaico e na própria legislação que precisam de uma reforma urgente.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

FLUSÃO CAMPEÃO!

Meses atrás, previ, neste blog, que nosso tricolor seria campeão e o Flamengo rebaixado. Pelo menos, o palpite mais importante acertei. Parabéns aos milhões de torcedores que nunca deixaram de acreditar no time e no sonho maior de ser o melhor do Brasil. E parabéns, também, à prefeitura de Quissamã que, coincidentemente, utilizou as cores verde, vermelho e branco para enfeitar seu centro administrativo para o Natal. Ficou bonito, simpático e nos deixou duplamente comovidos.

sábado, 4 de dezembro de 2010

NOVA REGRA DOS ROYALTIES

A nova regra de distribuição de royalties do petróleo, aprovada esta semana, prevê que, descontada a parcela que cabe à União e aos municípios afetados pela exploração, os demais royalties serão divididos em 50% pelos critérios do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e 50% pelos critérios do Fundo de Participação dos Estados (FPE). Pela distribuição atual, os estados produtores do Rio de Janeiro e Espírito Santo e a União ficam com 92,5%. De acordo com o projeto, que segue, agora, para sanção presidencial, as perdas dos estados produtores poderão ser compensadas pelo governo federal. Segundo a Casa Civil, a partir da chegada do projeto do pré-sal no Palácio do Planalto, o presidente Lula terá 15 dias para sancionar a nova lei, com ou sem veto. A assessoria da Casa não adiantou se haverá veto.

RAPIDINHAS

1- Engraçada essa tal de política. Niterói já considera quase pule de dez o nome para ocupar a presidência da Câmara de Niterói. Já a do pequeno município de Quissamã, no norte do estado, a disputa ainda é "uma caixinha de surpresas"...

2- Apesar dos pesares e da vida difícil para quem quer sobreviver da comunicação, é um tal de se criar sites, jornalecos, "guias" assim, pequenininhos, mas com uma ganância e fome de fazerem inveja a qualquer vereador "neófito"...

3- ... e por falar em Quissamã, o quão gratificante foi ler o e-mail recebido por minha esposa, assistente social Márcia Direnna, do Hemorio, parabenizando-a pelo trabalho que desenvolve, desde 1994, em prol da Campanha de Doação de Sangue. Trabalho que os vereadores quissamaenses parecem desconhecer e não dar uma importância que valha, por exemplo, um título de cidania. Título este que, embora tenha conseguido em 1995, enchendo-me de orgulho, ficou muito aquém do merecido por alguém que tanto faz pela qualidade de vida do povo de Quissamã.

4- Gratificante, também, é ver o número de colegas psicólogos e jornalistas que Quissamã ajuda a formar todos os anos. Lembro-me, muito bem, que ao chegar neste município, em 1993, quase não haviam ( ? ) estes profissionais entre sua população.

5- Sobre isto, é impossível esquecer o que um colega me disse, anos atrás, sobre sobreviver destas duas profissões em Quissamã: - vai morrer de fome, velho...

6- E quando falei sobre a vontade de montar uma locadora de videocassete: - vai morrer de fome, velho...

7- Não sei se em Quissamã, hoje, se morre de fome como psicólogo e jornalista. Mas em relação à locadora de vídeo, o premonitório amigo 'Sérgio Mãe Diná' acertou em cheio, apesar de, na ocasião, terem "aberto" duas dessas lojinhas de aluguel de fitas. (Sai, olho gordo!!!)

8- Para não deixar de falar em flores. Continuo preocupado com a aprovação, esta semana, novamente na calada da noite, da Emenda Simon, sobre o novo modelo de partilha dos royalties do petróleo. Sem demagogia, só nos resta torcer - não pelo quase improvável veto presidencial - por alguma alma boa que tente compensar as perdas do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. Aliás, vamos ficar de olho na conduta dos governadores eleitos, Sérgio Cabral e Renato Casagrande.

UMA BOA FRASE

Nada é permanente, exceto a mudança.

(Heráclito)

SEM MEDO DA VERDADE

O site de denúncias WikiLeaks e seu fundador, o jornalista Julian Assange, acabam de comprar um "barulho" daqueles. Ao divulgarem documentos secretos trocados entre governos, através de suas embaixadas, eles têm sofrido ataques de todos os lados. Embora se utilizem de técnicas não muito recomendáveis, pois usam de pirataria em computadores redefinindo o sentido de denúncia, reunindo segredos, armazenando-os fora do alcance dos governos e de outros determinados a recuperá-los, liberando-os em seguida de maneira imediata e global, eles estão sendo abandonados por seus próprios companheiros que veem como um comportamento errático e imperioso e uma grandiosidade quase delirante que ignora o fato de que os segredos que eles revelam podem ter um preço real. Como é comum neste meio, onde os governos fazem m.... e não aceitam que ninguém interceda nem as aponte, Assange está sendo investigado em conexão com acusações de estupro e abuso sexual envolvendo duas mulheres suecas. Ele nega as acusações, dizendo que as relações foram consentidas. Embora caracterize as afirmações como "uma campanha de difamação", o escândalo agravou as pressões de sua vida camuflada. Deixando quaisquer possíveis "desvios ou crimes" para a investigação da polícia e para o julgamento da Justiça, só nos resta torcer para que a verdade - principal elemento da boa prática jornalística - predomine e quem tenha cometido excessos seja punido e execrado pela opinião pública internacional.

sábado, 27 de novembro de 2010

NÃO À CENSURA

Como jornalistas profissionais, cidadãos conscientes e formadores de opinião (tese discutível), não podemos nos omitir de participar das discussões relacionadas a esta ou qualquer outra forma de LIBERDADE. Por isto, já encaminhei documento solidarizando-me ao projeto caso atenda a interesses da sociedade e dos profissionais que a defendem.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

DIA DO DOADOR DE SANGUE


Hoje (25/11) é o Dia Nacional da Doação Voluntária de Sangue, o país inteiro comemora a data e reverencia todo aquele que contribui para salvar vidas. O ato é um dos maiores exemplos de altruísmo e de que nem tudo está perdido quando se trata de amor ao próximo. Mas não se pode parabenizar exclusivamente o doador. Deve-se aproveitar o dia para lembrar de todo o processo e dos profissionais envolvidos, desde a divulgação de campanhas na TV e também em outras mídias, como jornal, rádio e propagandas de rua, voltadas para aumentar o estoque, até o momento em que o doador estende seu braço para alguém iniciar a retirada do líquido que vai ajudar a restabelecer a saúde de pelo menos quatro pessoas que ele nem conhece. Tal qual o sangue é responsável pelo transporte, regulação e proteção de nosso corpo, médicos, assistentes sociais, enfermeiros e auxiliares trabalham incessantemente com o único objetivo de restabelecer a saúde dos pacientes. O único dado triste é que apesar da solidariedade dos valorosos doadores e esforço de hemocentros e destes profissionais, apenas 1,9% da população é doadora de sangue no país. Mesmo estando o percentual dentro do parâmetro da Organização Mundial de Saúde (OMS) - de 1% a 3% da população -é urgente e possível aumentar o número de doadores. Mas, como a data foi criada como forma de gratidão e para reforçar a importância de se doar sangue, só resta a sociedade agradecer a todos os envolvidos e torcer para que haja uma conscientização ainda maior.

Márcia Direnna - Assistente Social

terça-feira, 23 de novembro de 2010

DELEGACIA PARA CRIANÇAS

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) votará, amanhã, o projeto de lei que cria na estrutura da secretaria de Estado de Segurança Pública a Delegacia Especial de Atendimento a Crianças e Adolescentes Vitimizados – especializada no atendimento de casos de violência contra os menores. De acordo com a proposta, que é assinada pelo deputado Paulo Melo (PMDB), a unidade policial deverá contar com pediatras, psicólogos e assistentes sociais, “voltados para os primeiros atendimentos ao menor vitimizado”. A nova delegacia também oferecerá atendimento 0800 para denúncias e informações sobre maus tratos. “A violência contra a criança tem sido cada vez mais frequente e o triste é sabermos, segundo as estatísticas, que seus algozes são pessoas próximas”, defende o parlamentar.

SOS RIO


A "colaboração" que o Rio de Janeiro vai receber do governo Federal, através do Ministério da Justiça, para reforçar a segurança de sua população nas ruas e avenidas, onde carros vêm sendo incendiados nos últimos dias, infelizmente, é mais um daqueles paliativos usados quando há sérios problemas na segurança e uma triste certeza de que eles vão continuar. Colocar a PRF em alerta máximo, sem aumentar o efetivo, há muito deficiente em termos quantitativos e trazer agentes de outros estados é uma iniciativa louvável e muito benvinda, pois em um momento crítico como este ninguém pode se dar ao luxo de dispensar ajuda, mas considerada insuficiente pois o poder paralelo, além de significativo e inversamente proporcional, está disposto a continuar nos intimidando. O cidadão e os marginais sabem muito bem que o resultado do trabalho das UPP's, também digno de elogios de quem conhece um pouco de realidade social, é de médio e longo prazos o que justifica estas e outras ações dos marginais que também continuarão a se beneficiar da fragilidade da legislação e convictos de que ela é sua maior aliada. E que as Unidades Pacificadoras estão incomodando. O terror das balas perdidas, o índice de latrocínios e, agora, a nova modalidade de assaltar motoristas, passageiros e queimar seus carros, só poderão ser combatidos quando as penas forem muito mais rigorosas e o número de condenados presos for maior do que o de condenados soltos andando por aí, como acontece, por exemplo, no sistema prisional americano.

À LUZ DA PSICO

MEDO DOS PAIS X MEDO DOS FILHOS
Uma colega de trabalho me falou de sua apreensão ao lidar com o fator MEDO em seu filhinho de três anos. O que é muito comum aos pais, principalmente os de primeira viagem, há uma ansiedade muito grande quanto a sua forma de encarar e lidar com o "problema". Pra início de conversa, a boa e tradicional psicologia nos ensina que o temor é, na maioria das vezes, muito maior nos pais do que na própria criança, isto é, alguns de seus medos passam desapercebidos por ela mas geram grande expectativa nos progenitores. Saber lidar com eles não é das tarefas mais fáceis tanto para os pequenos como para os pais, que também não devem tornar-se reféns dos medos dos filhos. Mas até que ponto os medos das crianças são normais? Esta é a grande questão. É preciso que se saiba distinguir, por exemplo, a ansiedade natural dos pais daquilo que representa real perigo dentro de uma casa ou de outros locais frequentados por eles. Medo de tomadas, de piscinas, de escadas existe e a informação e o diálogo são os maiores aliados. Também é relevante pensar como nascem os medos, se é natural que elas o tenham e o quê fazer? Os medos são característicos nas crianças e nascem como uma forma de recortar as diferentes angústias que surgem no processo de constituição da subjetividade. Os medos, nesse sentido, indicam que a criança está se estruturando psiquicamente. Por isso é "natural" que elas tenham medos diversos. Devemos ficar alertas e preocupar-nos quando uma criança não tem medo de nada, quando ela é destemida. Outra observação que pais podem se utilizar é se o medo é maior que o normal, pois pode tornar-se uma fobia e deixar de ser tratado apenas no âmbito familiar e requerer uma terapia mais específica e contínua. Se os medos vão mudando de uma coisa a outra estamos diante de um processo normal da infância. Em geral os pais se dão conta quando um medo é maior do que o normal porque eles são muito solicitados. Isso é porque os medos fazem com que a criança não consiga ter autonomia. Se ela tem medo de escuro, solicitará que os pais fiquem com ela no quarto ou pedirá para dormir com eles, se tem medo de cachorro não vai querer estar sozinha em situações nas quais possa haver um animal, etc. O medo é um sentimento que nos limita a agir em muitas situações, é como uma espécie de limite "auto-imposto" e é por isso que ele é importante na estruturação do psiquismo, porque os diferentes medos vão construindo diferentes limites para a criança. Quanto menor é a criança mais ela precisa que seus pais lhe marquem os limites, quando os medos aparecem indicam que ela está conseguindo delimitar sozinha algumas bordas, ela está adquirindo a noção de perigo, ela está perdendo onipotência, se sentindo mais frágil, mais humana. E outra preocupação, não só dessa colega de trabalho, é como os pais devem lidar com os medos de seus filhos, se é possível resolver a situação em casa ou a terapia é o melhor caminho? A experiência de muitos profissionais que trabalham esta relação partem do princípio de os pais reconhecerem o medo como um sentimento verdadeiro. Tentar dizer para o filho que é uma bobagem não vai ajudar. É importante também que possam reconhecer o medo como algo do filho, como algo do que ele está falando. Porque ao falar de um medo a criança está tentando colocar "pra fora" algo que a angustia. Nesse sentido, se os pais escutam e conversam com o filho e percebem que isso faz diferença, podem ficar tranquilos. No entanto, se percebem que falar com ele não adiantou é bom que eles possam oferecer ao filho a ajuda de um profissional que "entende" de medos de crianças e que vai poder ajudá-lo. Os pais devem ter muita paciência, a palavrinha mágica na missão de ser pai e mãe. Devem conversar com a criança deixando-a expressar claramente todos os seus medos e sentimentos, ajudando a ficar segura e enfrentar sua fantasia. O que mais as crianças necessitam é da atenção de seus pais, conversar com ela na hora de dormir, ler uma historinha fará com que se sinta protegida e segura, assim os seus medos vão desaparecendo aos poucos.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

PRA COMEÇAR A SEMANA

O homem justo cresce e se desenvolve ético por opção, não por coersão.
Mônicka Christi

domingo, 21 de novembro de 2010

SEM CPMF

Não se pode colocar a carroça na frente dos bois, tampouco criticar o que ainda não aconteceu, mas o alarde sobre a volta da CPMF, se não é real (sem trocadilho), serve como um presságio para um governo que, durante a campanha, dizia ser do povo e para o povo. Nos palanques, era comum ouvir da então candidata Dilma Rousseff promessas voltadas para profundas reformas e, na área econômica, em particular, diminuição da "pesada carga tributária, desumana, desnecessária e um atraso para o país". Eleita e já começando a formar sua equipe de governo, inclusive com a manutenção do discreto e competente ministro Guido Mantegna à frente da Fazenda, a presidente não pode ser manobrada nem deixar dúvidas quanto ao seu verdadeiro poder conferido pela maioria do povo, muito menos deixar partidos e seus supostos donos dizendo o que e quanto fazer, em nome da governabilidade. O Brasil inteiro espera que ela honre seus compromissos e a condição pela qual a mulher é sempre capaz.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

10 CARGOS DE DIFÍCIL PREENCHIMENTO

O aquecimento da economia, a exigência de qualificações ou até mesmo a falta de profissionais no mercado fazem com que empregadores tenham dificuldade para preencher vagas muitas vezes consideradas estratégicas, afirmam especialistas. Após consultar empresas das áreas de recursos humanos e sites de currículos, o G1 lista dez dos cargos mais difíceis de serem preenchidos atualmente no mercado brasileiro.

Analista ou coordenador contábil com inglês fluente "Faz uns três anos que estamos com dificuldade nessa área por conta da escassez de profissionais. Quando o Brasil era uma economia de inflação, o setor de contabilidade não era estratégico, e sim operacional. Com o crescimento do país, todas as funções dentro de uma empresa ficaram mais complexas. Mas como a área era operacional, o público perdeu interesse", diz Fabiana Nakazone, gerente da divisão especialistas do Grupo DMRH. Ela diz que, como a função tornou-se estratégica, há a necessidade de inglês fluente.

Consultor SAP com inglês fluente e experiência Profissional da área de Tecnologia da Informação (TI) que saiba trabalhar e fazer personalizações no programa SAP, usado por empresas para a gestão de negócios. "Precisamos de profissionais com inglês fluente porque o sistema é integrado fora do Brasil e, às vezes, é preciso dar suporte para o exterior", afirma Fabiana Nakazone, gerente da divisão especialistas do Grupo DMRH.

Profissionais da área de Tecnologia da Informação (TI) O diretor da Trabalhando.com.br, Renato Grinberg, disse que, além de difíceis de encontrar, os profissionais da área também pedem salários muito altos para sair das empresas onde já estão, pois recebem contraproposta para ficar. De acordo com Leandro Cabral, diretor comercial da Catho Online, a área de TI já vem sinalizando falta de profissionais qualificados desde o início desta década.

Profissionais da área de vendas e teleatendimento Levantamento feito com 187 empresas pela Curriculum.com.br para o G1 mostrou que, além das áreas de TI e engenharia, o setor de vendas também apresenta dificuldades para achar profissionais em 2010. De acordo com Marcelo Abrileri, presidente da Curriculum, não está fácil encontrar um bom vendedor. Renato Grinberg, diretor da Trabalhando.com.br, disse que a área comercial está com forte demanda por conta do crescimento da economia, que exige profissionais do setor. Segundo a Catho Online, vendas e teleatendimento têm, ainda, alta rotatividade.

Coordenador de medicina e
segurança do trabalho para o varejo
"A área costuma ser bem forte em indústrias, mas quando o varejo exige a mesma função, é difícil encontrar profissionais que se encaixem no ritmo", Fabiana Nakazone, gerente da divisão especialistas do Grupo DMRH. De acordo com ela, o volume de pessoas e o estilo do varejo não são os mesmos que os da indústria e não é fácil achar profissionais adequados.

Engenheiros O mercado precisa de engenheiros em geral, mas especialistas ouvidos pelo G1 ressaltam escassez maior nas áreas de infraestrutura, projetos e civil. "O Brasil está crescendo e precisamos de profissionais especialistas em obras de grande porte, como rodovias, hidrelétricas e saneamento. Não tem gente preparada para fazer isso", diz Fátima Brandão, gerente do Foco RH.

Médicos De acordo com Leandro Cabral, diretor comercial da Catho Online, tem sido difícil encontrar médicos para vagas em diversas especialidades, segundo percepção do site. Cabral diz que faltam profissionais com qualificações e formações específicas.

Secretárias De acordo com Renato Grinberg, diretor da Trabalhando.com.br, as mulheres têm perdido o interesse pelo cargo de secretária. "Não tem candidatas jovens", afirma. Segundo ele, algumas empresas até preenchem a vaga de secretária com outros profissionais. O especialista explica, porém, que, quando a empresa começa a crescer, sente a necessidade de um profissional formado na área de secretariado.

Profissionais da área de mineração De acordo com Leandro Cabral, diretor comercial da Catho Online, foi notada dificuldade no site para encontrar profissionais da área em geral, desde operacional e técnica a engenheiros e executivos. Segundo Cabral, a mineração pede profissionais com formação e qualificações muito específicas. Ele também ressalta que o setor trabalha muito com a indicação de funcionários.


Profissionais da área petroquímica e de energia De acordo com Leandro Cabral, diretor comercial da Catho Online, a área petroquímica pede formação bastante específica e nem sempre há profissionais disponíveis e qualificados no mercado. No ramo de energia, o problema se repete. "Com os avanços tecnológicos e o aumento da demanda, é cada vez mais escasso o número de profissionais qualificados e prontos para atuar nesse setor."


Fonte: Curriculum.com.br, Fabiana Nakazone, gerente da divisão especialistas do Grupo DMRH, Fátima Brandão, gerente do Foco RH, Leandro Cabral, diretor comercial da Catho Online e Renato Grinberg, diretor da Trabalhando.com.br.
Casos específicos

MAIS DINHEIRO, MAIS GENTE


(Vista aérea da restinga- Barra do Furado-Quissamã)

POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS-RJ "PETROLEIROS" DISPARA!

Dados do IBGE para o censo de 2010, comparados com o de 2000

Rio das Ostras: +179% \ Casimiro de Abreu +55% \ Carapebus +52% \ Macaé +47% \ Quissamã +44% \ Saquarema +41% \ Iguaba +39% \ São Pedro +37% \ E mais: Maricá +53% \ Porto Real +36% \ Guapimirim +35% \ Itaguaí +22%.

Blog do César Maia

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

EDUCAR PARA CRESCER. PARTICIPE!

MAIS INVESTIMENTO PARA EDUCAÇÃO

O presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), deputado Comte Bittencourt (PPS), apresentou, hoje, uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para que o Rio de Janeiro, em cinco anos, passe a aplicar, no mínimo, 30% do seu orçamento em Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (MDE) - e não apenas no mínimo 25%, como é exigido pela Constituição Federal. Segundo Comte, "este ano o governo do estado deverá investir 25,2% de seu orçamento total em Educação, ou seja, cerca de R$ 5,4 bilhões. A aprovação da PEC, para Comte, colocaria o Rio de Janeiro em melhores condições para garantir recursos necessários para o desenvolvimento do estado, avançando na qualidade do ensino público. Considerando que o Rio de Janeiro é a segunda maior economia do país, não podemos continuar a ocupar o penúltimo lugar no ranking de escolas públicas, à frente apenas do estado do Piauí, como divulgado no último Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Por isso, o Rio de Janeiro tem uma necessidade urgente de aumentar os investimentos no setor”, justifica o deputado.

DILMA, A PRESIDENTE DO BRASIL!

As mulheres não precisam - e não devem - ter nenhum tipo de complexo. Esta história de "sexo frágil" é coisa do passado e a autoafirmação, em qualquer instância, também. Elas conquistaram um lugar mais do que merecido e questões como presidente ou presidenta não significam nada, desde que não se agrida nossa língua. É o caso do tratamento a ser dispensado à futura chefe da nação, Dilma Rousseff, discutido em redações de jornais, residências e até mesmo em algumas "esquinas" Brasil à fora.
No Português, existem os particípios ativos como derivativos verbais. Por exemplo: o
particípio ativo do verbo atacar é atacante, de pedir é pedinte, o de cantar é cantante, o de existir é existente, o de mendicar é mendicante...Qual é o particípio ativo do verbo ser? O particípio ativo do verbo ser é ente. Aquele que é: o ente. Aquele que tem entidade. Assim, quando queremos designar alguém com capacidade para exercer a ação que expressa um verbo, há que se adicionar à raiz verbal os sufixos ante, ente ou inte. Portanto, à pessoa que preside chama-se PRESIDENTE, e não "presidenta", independentemente do sexo ou da preferência que tenha. Diz-se capela ardente, e não capela ardenta; diz-se estudante, e não estudanta; diz-se adolescente, e não adolescenta; diz-se paciente, e não pacienta. E, para não ferirmos o vernáculo nem ficarmos achando que as mulheres não são capazes da algo, vamos acreditar que Dilma Rousseff, a PRESIDENTE de todos nós, pode fazer do Brasil um país mais justo e de todos nós.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

TRAGÉDIA ANUNCIADA: SEMPRE ELA


Infelizmente, os dados estatísticos relacionados aos acidentes nas estradas durante os chamados "feriadões" continuam desanimadores. Também, pudera. Temos carros supervelozes e com estruturas de plástico que lembram carros de brinquedo, airbags só nos importados, pouco contingente de policiais rodoviários, estradas com mão dupla, privatizadas, com pedágios caros e, mesmo assim, malconservadas, isto sem falar na Lei Seca que parece já ter nascido "molhada" pela fragilidade na fiscalização e da própria legislação. Mas seria injusto atribuir a estes fatores toda a culpa. É óbvio que a irresponsabilidade e a imperícia fazem crescer - e muito - a tragédia das estradas brasileiras. Por tudo isto, aquilo que deveria ser uma festa para quem após cumprir mais um período de trabalho, muitas vezes estressante, viajar com suas famílias, vem se transformando num verdadeiro "inferno de Dante" para autoridades e para quem fica em casa. Assistir na TV e ler nos jornais manchetes que retratam colisões cada vez mais graves e com mais consequências nos faz repensar se devemos entrar no carro procurando atingir o tão sonhado lazer ou se devemos ficar em casa para que tudo não se transforme num terrível pesadelo?

MAIS DINHEIRO PARA O RIO

Mais do que justa a atitude do governo do Rio de reivindicar à União parcelas não pagas de participações especiais de royalties do petróleo. Atentos, o governador Sérgio Cabral e os prefeitos de municípios produtores, através de seus departamentos jurídicos e contábeis, estão mobilizados e a todo vapor para colocar em seus cofres o dinheiro que o governo Federal lhes deve. Esta história de tentarem usurpar benefícios previstos na lei não pode se repetir e é preciso que a população fluminense continue na luta pela manutenção dos royalties e, passadas as eleições, de olho em sua base política que em palanques prometeu lutar pela causa. A propósito: e o deputado Ibsen, hein???

terça-feira, 9 de novembro de 2010

AGORA É COM A DILMA

A vitória da petista Dilma Rousseff como se deu, com apoios de todos os lados, conquistando maioria no Congresso, deve permitir a continuidade de projetos e programas que visem à diminuição da pobreza no Brasil e à geração dos milhões de empregos prometidos desde que o PT chegou ao governo. Pelo menos é o que esperam todos os brasileiros, não só para os que lhe conferiram o voto. A futura presidente tem nas mãos um grande desafio que é, com personalidade própria, conseguir cumprir metas estabelecidas e as promessas de continuar com a estabilidade econômica, fazendo as reformas necessárias para o crescimento do país. Mas seu maior problema será, sem dúvida, em relação à governabilidade, com partidos e políticos de todas as tendências pressionando a presidente para atender seus "interesses", loteando ministérios, indicando afilhados e outros mecanismos perigosos cujo final todos conhecemos. Cabe a ela não ceder às pressões e colocar nos cargos pessoas que tenham capacidade, experiência e, sobretudo, ficha limpa.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

DE VOLTA!

Aos que se solidarizaram com este blog, ausente por uma semana, e que se preocuparam achando ser algo sério, nossos sinceros agradecimentos e a promessa de continuar nesta mesma linha da troca de informações. Poderíamos até dizer que foi para não influenciar o resultado das eleições mas, como somos autênticos e a hora não está para brincadeiras, confessamos que foi apenas uma pausa para reoxigenar as ideias e descansar com a família.

AS INCRÍVEIS ELEIÇÕES E SEUS RESULTADOS

1- Não pude votar no segundo turno, por estar ausente do domicílio eleitoral. Apenas justifiquei, como fizeram milhões de brasileiros que se abstiveram.
2- Queira Deus que a história não se repita quando, em 89, por estar em viagem pelos EUA, também não votei em ninguém. Naquele longínquo ano, Collor foi eleito e...deu no que deu... (apenas coincidência)
3- Engraçado ouvir aliados de partidos como o PMDB dizerem que não "é hora de lotear o governo e pedir cargos..."
4- O mesmo serve para petistas como José Dirceu.
5- Dava pra ver que Temer, Cardoso, Dutra e Palocci fariam a transição do governo. É assim em qualquer esfera. Agarradinhos, agarradinhos...
6- Sobre as promessas de campanha de Dilma e seus asseclas, os jovens escreveriam rsrsrsrsrsrsrs ou kakakakakakakaka
7- Esses mesmos jovens que não fizeram muita questão de votar ou se envolver no processo eleitoral.
8- Sorte para os aposentados, militares, jornalistas, funcionários públicos, assalariados em geral...
9- Sacanagem o que alguns empresários já estão fazendo, entre eles os que comercializam carnes e seus derivados. Os preços tiveram um aumento bastante significativo, já no primeiro dia útil após a eleição da presidente.
10- É bom Serra arranjar uma frase mais original. "A luta continua" já usávamos - e muito - em nossas caminhadas políticas por aí, desde o início da década de 90.

ABSTENÇÃO RECORDE ATIVA O ALERTA

Superado o processo eleitoral no país que se diz democrático, mas nos obriga a votar, o resultado das urnas demonstra a força do populismo, do assistencialismo e da máxima "tá ruim, mas tá bom", as quais a maioria acreditou, aderindo à candidatura oficial do governo. Dilma Rousseff foi eleita através da popularidade do padrinho e mesmo com toda sua inexperiência política e arrogância, esta inspirada por igual sentimento do partido e de seus aliados que parecem já ter se acostumado ao poder, à corrupção, aos compadrios e toda sorte (e para azar dos que votaram neles) de escândalos que deverão continuar com aval de quase 56 milhões de brasileiros. Mas os números do segundo turno também apresentam outros dados relevantes: cerca de 29,1 milhões de eleitores não foram às urnas votar. O índice de 21,5% de abstenção foi recorde desde a redemocratização do país. Para se ter uma ideia, no segundo turno de 2006 o número foi de 18,9%. Tudo isto mostra que o país está dividido entre os que acham que suas vidas melhoraram e, portanto, votaram na candidata do PT; os que preferiram a mudança e optaram pelo candidato tucano e aqueles para os quais nenhuma das duas opções anteriores era adequada, levando-os à abstenção. Finalmente, o resultado das eleições serviu como um grande alerta, acendendo uma luz vermelha a indicar que boa parte da população brasileira está descrente da classe política e do processo como um todo. Talvez só com uma séria e profunda reforma, onde haja verdadeira seleção de candidatos e instituições desempenhando seus papéis com autonomia e austeridade, se atinja um nível onde votar consciente e motivado faça parte de nossa cultura. Até lá, uma enorme legião continuará a vender o voto, ser enganada ou obrigada a aproveitar o feriado prolongado, sem votar, e quanto a isto não há sistema biométrico que dê jeito.

TÁ COMPROVADO

NOSSO POVO NÃO É POLITIZADO. É, MESMO, "PAU MANDADO".

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

TÁ RUIM MAS TÁ BOM É O C.....


Muito apropriado este vídeo que circula aí pela internet a poucos dias do segundo turno da eleição. Representante do povo, o cantor e compositor Peteleco alerta, com sua música, para o fato de as pessoas pensarem bem se está bom pra elas ou se está na hora de mudar.

MÁCULA À DEMOCRACIA

Independente de quem vai vencer o segundo turno, no próximo domingo, uma coisa ficou bastante evidente: ainda estamos muito longe de sermos uma verdadeira democracia, no mais amplo sentido da palavra. A campanha, de ambos os lados, se limitou a demonstrar que a luta é do bem contra o mal, da continuidade dos avanços contra o retrocesso, do amor a Deus contra o ateísmo e contra o agnosticismo, do aborto contra a vida, das matérias pagas contra os documentos apócrifos, etc. Fugindo dos temas mais relevantes, tanto Dilma quanto Serra (com a candidata partindo mais para ataques pessoais) e insistiram em aspectos de natureza filosófica e política do que na apresentação dos programas de governo e no que pretendem fazer caso eleitos. Também ficou evidente que Lula, presidente de todos os brasileiros, exagerou na dose quando entrou na batalha destruindo adversários muitas vezes de maneira pouco - ou nada - convencional e, do alto do palanque oficial, exigia apoios e o reconhecimento por conquistas que não se deram única e exclusivamente por mérito seu e de seu governo e eles sabem bem disso. As agressões entre correligionários e até mesmo entre os próprios candidatos, como em suas últimas aparições, refletem a falta de amadurecimento ao se tratar questões político-administrativas e participar do processo eleitoral onde deveria vencer aquele cujas propostas se identificam mais com o eleitor bem como sua credibilidade e capacidade para ocupar o cargo.

RAPIDINHAS


1- Não adianta pedir ao polvo Paul (aquele molusco alemão que ficou famoso por prever resultados dos jogos da Copa da África do Sul) para indicar o vencedor das eleições de domingo. É que ele partiu dessa para melhor. Para uma melhor mesa recheada de bons pratos da culinária.
2- Os candidatos estão preocupados com o feriadão. Consideram - e é verdade - que aumentará o contingente de eleitores faltosos. Mas isto deve estar incomodando muito mais Dilma e Cia. Explico: é que, geralmente, aproveitam-se desta oportunidade aqueles mais aquinhoados, os da classe média pra cima, com mais recursos, com mais grana no bolso. Como o PT, Lula e sua favorita alegam que, graças ao seu governo, cresceu o número de pessoas assim, felizes e gratas por terem melhorado de vida, é possível que achem que "a vaca pode ir pro brejo"...
3- Em tempo de eleição, nada como uma boa série VOCÊ SABIA?
- 24% dos deputados e senadores reeleitos enfrentam inquéritos ou processos no STF ( Supremo Tribunal Federal ?
- no Reino Unido, a quantidade de cargos públicos, incluídos os ministérios, não passa de 100 (cem), nos EUA são 2000 (dois mil). Enquanto no Brasil são 25000 (vinte e cinco mil). No caso do nosso país, isso colabora para o aparelhamento, corrupção e piora o sistema político ?
- os parlamentares apresentam emendas ao orçamento que acabam se tornando em instrumento de barganha, o que também piora a qualidade do sistema ?
- a PETROBRAS em 2003 tinha 123.000 (cento e vinte e três mil) empregados terceirizados. Atualmente, ela tem 295.000 (duzentos e noventa e cinco mil) terceirizados. Isso não é privatização? Quem ganha com esses terceirizados ?
- a Casa Civil adiou para depois da eleição (2º turno) a apresentação do balanço quadrimestral do PAC. A última apresentação foi em junho. Por que será ?
- a dívida pública quando FHC saiu era de 647 bilhões de reais e Lula vai deixá-la próxima de 1 trilhão e 700 bilhões de reais. (Fonte: www.veja.com)

domingo, 24 de outubro de 2010

PRA COMEÇAR A SEMANA (REFLEXÕES)

1- "Não há comparações entre o que se perde por fracassar e o que se perde por não tentar." (Autor desconhecido)

2- Tiririca deve estar apavorado. Mas não é com a prova de capacidade, não. Em 2002, Enéas foi o deputado federal mais votado em SP e...morreu! Em 2006, Clodovil também foi o recordista e...morreu. Vai brincando de falar "morreu", vai!!!

3- Como estamos a uma semana das eleições, CUIDADO com o voto útil oportunista, aquele dado ao candidato que aparece melhor nas pesquisas. Uma parte -a princípio pequena- do eleitorado muda o voto para o líder, para vencer com ele.

4- No Japão, a pessoa não se suicida por vergonha e sim por ter sido descoberta.

5- Um certo vereador de Quissamã só pode estar brincando quando diz que a partir de agora vai levar para a perícia do INSS apenas os "incamados" (21.10.2010)

sábado, 23 de outubro de 2010

PARA ECONOMIST SERRA É MAIS PERSUASIVO

Em edição publicada esta semana, a revista britânica Economist afirma que, após passar os últimos oito anos sob uma gestão petista, o Brasil “se beneficiaria de uma mudança no topo”, dizendo que o PT dá sinais de “ter ficado muito confortável no poder”. A revista enumera outros motivos pelos quais o eleitor brasileiro deveria optar pelo candidato José Serra, do PSDB, no segundo turno da eleição presidencial: “a senhora (Dilma) Rousseff não é Lula. Ela não tem os seus extraordinários dons políticos e talvez nem seu pragmatismo inato”. Serra também tem os seus defeitos, notadamente uma preocupante tendência em tentar ‘microgerenciar’ tudo”, pondera a Economist. Mesmo assim, diz que “seu histórico indica que seria mais ágil em cortar gastos excessivos e eliminar o déficit fiscal”, ao passo que Dilma “atacaria essas distorções mais gradualmente, se o fizer”. A Economist afirma que houve um “inexorável aumento nos gastos públicos” na gestão Lula e diz que, apesar de suas conquistas na luta contra a pobreza, o presidente “deixa um país onde um em cada dois lares não tem esgoto e os padrões educacionais permanecem deploráveis”.

BBC Brasil

TENTE OUTRA VEZ

Caso algumas pesquisas se confirmem e Dilma seja eleita, contrariando a vontade daqueles que analisam o perfil dos candidatos e deixando claro que somos um país onde o clientelismo ainda predomina, é bom atentarmos bem para este clip do Raul Seixas:

UMA MENTIRA DITA MUITAS VEZES

Com que satisfação assistimos o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso elencar algumas de suas ações quando estava à frente do governo e subir o nível da campanha. Preparado emocionalmente e com argumentos incontestáveis, ele discorre sobre o Plano Real, que acabou com a hiperinflação e vem permitindo todas as conquistas para o povo brasileiro e melhoria de nossa imagem lá fora. Também aponta, com muita propriedade e equilíbrio, por exemplo, a criação de programas sociais de combate à pobreza, a privatização da Vale, hoje a maior mineradora de ferro do mundo, que tantos empregos gera e riquezas produz e sua luta contra a desestatização da Petrobras, conforme manifestou ao Senado em 1995. Isto tudo reflete parte dos oito anos de um governo que preparou o solo, semeou-o e deixou, para o sucessor, o começo da colheita dos frutos. É muito fácil, num país imediatista, dependente e de curta memória, alguém se apropriar de feitos anteriores, como vêm fazendo o presidente Lula e a turma do PT que mentem ao atribuir como feitos seus tudo aquilo que o Brasil alcançou após a estabilidade da moeda. E ainda ter um monte de gente acreditando.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

OS CAMALEÕES DO PT

O PT de Lula, da candidata Dilma, de José Dirceu e tantos outros "companheiros" é mesmo um partido de camaleões e de memória muito curta. Defendendo, hoje, o que repudiaram no passado, eles reforçam a tese de que para se manter uma popularidade e vencer uma eleição vale tudo. A vontade de continuar no comando da nação os faz esquecer, por exemplo, que votaram ou se posicionaram CONTRA a eleição de Tancredo Neves, expulsando os deputados rebeldes (1985); CONTRA a Nova Constituição (1988); CONTRA o pagamento da dívida externa, pregando o calote ao FMI, mesmo fundo ao qual, hoje, diz emprestar dinheiro (1989); CONTRA o Plano Real, cuja estabilidade da moeda e queda brusca da hiperinflação vêm permitindo conquistas importantes para o povo brasileiro e a credibilidade perante o mundo (1994); CONTRA as privatizações, mas omitem que FHC enviou projeto ao Senado impedindo a da Petrobras e que a Vale do Rio Doce deixou de ser um problema e, ao contrário, tornou-se a segunda maior mineradora do mundo, a maior empresa privada do Brasil e a maior produtora de minério de ferro do mundo (1995); CONTRA a reeleição que agora tanto defendem como modelo ideal e, alguns, até sugeriram ampliar para re-reeleição (1996); CONTRA a privatização da telefonia, medida que hoje nos permite ter acesso a internet e mais de 150 milhões de linhas telefônicas (1998); CONTRA a adoção do câmbio flutuante, que possibilitaria a queda dos juros a curto prazo (1999); CONTRA a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que obriga os governantes a gastar apenas o que arrecadaram (2000); CONTRA a criação dos programas sociais, entre eles o Bolsa Escola, Vale Alimentação, Vale Gás, PETI e outros que, à época, chamavam de "esmolas eleitoreiras" (2001). Enquanto a corrupção cresce, com escândalos diários e número recorde de investigações por parte da Polícia Federal (PF), Tribunal de Contas da União (TCU), Advocacia Geral da União (AGU) e denúncias da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), dos órgãos da imprensa e diversos movimentos populares, assistimos, ainda, petistas se apropriando de dinheiro público e maculando o nome de um grande partido criado das desigualdades sociais e da falta de voz e vez em um regime que um dia foram CONTRA. Dentro desta mesma linha, também não podemos nos esquecer que o PT sempre foi radicalmente CONTRA o tamanho da dívida pública do Brasil que, em 1999, quando Lula assumiu o Governo FHC, era de 647 bilhões de reais e ao sair poderá estar próxima de 1 trilhão e 700 bilhões de reais. Junte-se a todas estas comparações e aos esquecimentos cometidos, o fato de um dia terem sido CONTRA um presidente da República fazer campanha para seus candidatos e, hoje, considerarem normal tal postura e A FAVOR de sua prática.

FAÇA O QUE EU DIGO...

O cara pra ganhar uma eleição é capaz de tudo. Até se contradizer descaradamente. Veja o que ele pensava sobre os programas sociais e o que pensa hoje.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

NÃO ACREDITE SÓ NAS PESQUISAS

Tem gente que quer, porque quer, empurrar as pesquisas goela a baixo. Os últimos resultados têm mostrado alguns institutos ou usando metodologias erradas ou muito mal intencionados. Basta ver o que aconteceu na eleição para a presidência, quando a candidata petista tinha uma vantagem consolidada tão grande que dificilmente não levaria já no primeiro turno. Deixando a forçação de lado, o importante são os dados abaixo:
1- Embora Dilma tenha alcançado 46,91% dos votos, no primeiro turno, isso não indica que lhe falte o equivalente a 3,09% dos votos para se eleger. Uma coisa é uma coisa...
2- Dos 136.004.825 eleitores um total de:
24.719.085 NÃO COMPARECERAM PARA VOTAR!
3.481.855 VOTARAM EM BRANCO;
6.125.979 ANULARAM O VOTO E
19.636.094 ELEITORES VOTARAM EM MARINA SILVA.
Assim temos um total de 53.963.013 ELEITORES que não votaram em nenhum dos dois candidatos ao SEGUNDO TURNO. Vejam que o total desses votos é SUPERIOR ao obtido por ela (47.649.479).
3- Quando será que o Partido dos Trabalhadores, o mesmo que se dizia oposição ao governo FHC, vai admitir que o PSDB encaminhou ao Senado (o presidente, coincidentemente, era José Sarney) projeto impedindo a privatização da Petrobras. Isto aconteceu em 1995 e já previa o boom que a empresa daria, permitindo a exploração do pré-sal, riqueza esta que, hoje, TODOS dizem representar mais justiça social para os brasileiros.
4- E os programas sociais, criados pelo PSDB, aqueles que o partido de Dilma Rousseff mantiveram e hoje defendem com unhas e dentes? (quase 1/4 dos brasileiros passaram a depender deles)
5- Quando é que as máscaras que encobrem as mentiras da candidata Dilma Rousseff e seu partido vão começar a cair, deixando à mostra a maneira truculenta de fazer política, agredindo aos outros candidatos e tentando fazer a população aceitar sua candidatura goela a baixo?
6- O episódio de ontem, com a agressão ao candidato José Serra, me fez lembrar de quando, estudante de psicologia, no final da década de 70, assistia agressões de "líderes" petistas a cidadãos e autoridades que não pensavam como eles ou admitiam a anarquia como regime.
7- O desespero parece que tomou conta da campanha do PT. Basta ver as atitudes e expressões de seu presidente, assim como o de honra e a candidata que precisam ganhar a eleição de qualquer maneira. Será que é para acobertar a corrupção que, dizem ( e alguns provam), grassa no governo ou para perpetuar a acomodação dos "companheiros"?
8- Enquanto isto, somos obrigados a conviver com discursos políticos de petistas pouco convictos mas que veem na sigla uma oportunidade de galgar postos mais altos.
9- Coisinha enjoada, mentirosa e hipócrita escutar petistas falando de jogo sujo e de panfletagem. E de pesquisas de opinião...
10- Mais nojento ( desculpem o termo, parece coisa do lado de lá) é ver a omissão de representantes do PSDB que sequer manifestam programas de governo e o perfil de seu candidato.
11- Esta é para quem defende "tudo pelo social". Vocês sabiam que os programas criados pelo PSDB, através da inesquecível primeira-dama Ruth Cardoso, foram mantidos por Lula e sua equipe que até hoje surfam em seu sucesso? E que a estabilidade econômica do país se deu porque FHC e o PSDB criaram o Plano Real, plano este defendido, por exemplo, por Pallocci e Henrique Meirelles?
12- Infelizmente, a "massa" desconhece que nossa dívida pública aumentou muito e que os juros escorchantes são nosso maior problema. Podem se tornar o mal maior dos brasileiros de todas as classes. Incontrolável aos olhos do mundo real...
13- Tomando o município de Quissamã por base, não acredito que os números para presidente se repitam no segundo turno.
14- To be or not to be, that's the question: ou somos, de fato, elitistas, ou a máscara vai cair. De cinco pessoas que conheço, quatro vão "serrar".
15- Antes que alguém pense que tenho interesse direto na vitória do PSDB, declaro ainda estar filiado ao Partido Verde(PV), que fundei neste município e, orgulhosamente, vejo pessoas ilustres como Gabeira apoiando a candidatura de José Serra para presidente.
****************************

NINGUÉM SEGURA A INTERNET

O número de usuários da internet ultrapassará os dois bilhões este ano e se aproximará de um terço da população mundial. Ele dobrou nos últimos cinco anos e se compara a uma população mundial estimada em 6,9 bilhões de pessoas, informou a União Internacional de Telecomunicações (UIT). Dos 226 milhões de novos usuários de Internet este ano, 162 milhões estarão nos países em desenvolvimento, onde o ritmo de crescimento agora é mais elevado. No entanto, pelo final de 2010, 71 por cento da população dos países desenvolvidos estará online, ante 21 por cento da população nos países em desenvolvimento.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

COISAS DA "RÁDIA"

Mesmo quando não estou na região norte do RJ, graças à internet sintonizo algumas emissoras para saber o que acontece. Acesso a Diário FM, a comunitária Quissamã, a Continental AM, entre outras. Às vezes, tenho dois trabalhos: o de ligar e desligar, como aconteceu agora logo após ouvir um debate entre dois "coleguinhas" que conseguiram, em pouco tempo, dizer que Teresina é um estado, o Brasil tem aproximadamente 1.500 municípios e Duque de Caxias (RJ) não é um município tão grande assim para ficar à frente de Campos na geração de empregos. Se alguns jornalistas com formação já são uma barra, imaginem sem ela...

PRUDÊNCIA E CALDO DE GALINHA, GOVERNADOR!


Não acho muito certo governadores eleitos cobrarem, com tanta veemência, da população e da base política que os elegeram, apoio para seu candidato a presidente da República. Nem os reeleitos, como vem fazendo Sérgio Cabral que insiste em lhes "ordenar" que coloquem o bloco na rua no sentido de pedir votos para Dilma Rousseff. Ele, que tanto pregou sobre a importância da união entre os poderes em prol do crescimento, poderia comprometer o Estado do Rio de Janeiro caso as coisas não aconteçam como espera e José Serra não fosse um grande estadista. Principalmente por ter lhe confiado meu voto, sinto-me com o direito de cobrar mais discreção durante suas ações políticas e exigir que não comprometa o Estado e seus cidadãos, pois o jogo é político e não de azar onde no pôquer há blefe e apostas de todas as fichas naquilo que é apenas um palpite.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

LULA E A MITOLOGIA GREGA


É bom alguém lembrar ao presidente Lula que a autoadmiração pode ser um forte indício para a autodestruição. Ficar achando que seu governo é belo e que graças a ele o Brasil tornou-se, literalmente, um impávido colosso e que Lulinha (ex-paz e amor) é o melhor e o mais formoso presidente que este país já teve pode ser um sinal de doença e acabar transformando-o no personagem mitológico Narciso que, apaixonado por si mesmo, afoga-se na lagoa onde admirava sua própria imagem. Cuidado com a bruxa que lançou o feitiço e lembre-se de que na política não há amigos, apenas conspiradores que se unem.

BURROS SÃO ELLES!

Quando é que Lula vai deixar de ser arrogante e parar de julgar os outros por si mesmo? Será que, ao "largar a presidência", a mesma na qual só não tentou se perpetuar porque sabe que nós não temos vocação para aceitar ditaduras como a de Chávez, o sempre desesperado e impulsivo ex-presidente vai continuar investido de uma falsa autoridade moral e, do alto de seu sapato e do seu pé quase sempre inseguro, insistir nas bravatas e no achincalhe à parte da população que não pactua com seus ditames, pensa como ele e faz o que e como ele quer? Certamente, estas respostas só aparecerão a partir do dia 31, quando todo país, tanto os que ele chama de burro quanto aqueles que não dependem de nenhum benefício, expressar nas urnas o melhor caminho a ser tomado.

PRA COMEÇAR A SEMANA

" O que me preocupa não é o grito dos sem ética, dos sem caráter, dos corruptos, dos sem vergonha. O que me preocupa é o silêncio dos bons".

sábado, 16 de outubro de 2010

TIRIRICA, O FILIO DO BRAZIU


E continua a polêmica em torno da vitória de Tiririca nas urnas. Legítima e vergonhosamente eleito por quase 1,5 milhão de paulistas, o comediante representa banguelas, analfas e outros estigmatizados e excluidos brasileiros. Se o problema é a falta de uma mínima capacidade intelectual, que está sendo questionada pela Justiça, fica a certeza de que no Brasil não há muito critério para se ocupar cargos públicos. Sendo assim, deixa o homem trabalhar e nos divertir...

MAIS UM ROUND


Para quem gosta de ver sangue, a propaganda eleitoral "gratuita" está pra lá de animada. Mas também está interessante do ponto de vista das informações, principalmente para quem não sabe muito bem quem são (foram) o ex-deputado,senador, prefeito, governador e ministro José Serra e a ex-ministra, Dilma Rousseff. Faltando 15 dias para o dia D, ainda deve haver muita munição para os marqueteiros e organizadores das duas campanhas. E para os dois candidatos que prometem se digladiar nos debates da TV e até em praça pública se necessário for.

HORÁRIO DE VERÃO

Começa neste domingo, a meia noite, o horário de verão. Para quem vive na regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, os relógios deverão ser adiantados uma hora. Isto vem acontecendo desde 2008, por determinação do Ministério de Minas e Energia, quando o horário passou a ter período fixo, começando no terceiro domingo de outubro e terminando no terceiro domingo de fevereiro.

O FIEL DA BALANÇA


Mesmo sabendo que a paixão por Marina Silva é quase platônica e que seu apoio no segundo e decisivo turno na corrida presidencial é bem difícil, Dilma Rousseff e José Serra continuam apostando as fichas em tê-la em suas campanhas, pedindo votos, ou simplesmente tentando passar a ideia que eles têm muita coisa em comum. Se dizendo evangélicos, contra o aborto e ferrenhos ambientalistas desde criancinhas, os dois têm saído por aí com discursos parecidos com o da candidata verde que obteve quase 20% dos votos. Isso não é nada demais, se levarmos em consideração que na política não há amigos, apenas conspiradores que se unem, como diria Victor Lasky e que vale tudo para se levar uma eleição, como ensinam os mais experientes nesta "arte".

MORAL EM BAIXA

Às vésperas de uma nova fase de votação, que pretende aferir a preferência dos brasileiros por Dilma ou Serra, não sei se confio mais - ou menos - nas pesquisas eleitorais, cujos resultados vêm apresentando discrepâncias de acordo com o instituto ou veículo que as divulgam ou nas urnas eletrônicas, apontadas por algumas autoridades e estudiosos do assunto como passíveis de erro. Quanto à veracidade das pesquisas, basta dar uma olhada nas primeiras páginas de alguns jornais para se constatar que os números não batem muito bem. Enquanto uns dizem que Serra caiu tantos pontos, outros apontam que o mesmo candidato caiu um ponto a mais. O mesmo se aplica para a subida de Dilma na preferência do eleitorado. Em relação às urnas, aquelas que alguns países avançados simplesmente abominam, não é raro alguns experts afirmarem que há possibilidade, mesmo remota, de apresentarem falhas ou permitirem fraude.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

BANQUEIROS X BANCÁRIOS


Que bancários façam greve, por se sentirem ultrajados em alguns direitos que considerem legítimos, vá lá. Mas e nós, clientes, mais ultrajados ainda, que não conseguimos, por exemplo, acessar um simples site, falarmos, por telefone, com um atendente com seus infinitos gerúndios e limitações e, pior, por tudo isto, ir à agência pagar uma simples fatura? Este deve ser o meu sentimento e de milhares de pessoas impedidos de usar tais serviços ou obrigados a encarar as intermináveis e quilométricas filas nos caixas eletrônicos. Pensando assim, é que repugno a estratégia de banqueiros e bancários quando deixam clientes nesta humilhante condição, apesar de os serviços serem muito bem pagos. A bem da verdade, nesta hora, a sociedade, aquela que paga seus impostos (infelizmente grande parte ainda em bancos) não quer saber se o salário dos bancários não condizem com os lucros exorbitantes dos banqueiros, se há exploração e outros argumentos, perigosamente discutidos às vésperas de eleições. O que queremos é uma greve que não deixe ninguém à mercê, idosos, aposentados e outros que dependem da instituição bancária para receber e saldar seus compromissos e, por causa do movimento, ficam sujeitos ao pagamento de juros, às desumanas filas e à solidariedade de alguém.

domingo, 10 de outubro de 2010

FRASE DA SEMANA

FICHA LIMPA NÃO É O MAIS IMPORTANTE ENQUANTO O ELEITOR ESTIVER COM LENTES E MÃOS SUJAS.

ANÁLISE DE DONA DILMA

Que papo é esse? Esta mulher nunca "cuidou" da própria casa. Quer "cuidar" de um país?
Que negócio é esse de "herança", de "cuidar do povo"? Que negócio é este de "mulher" que "vai cuidar"? Dilma Rousseff (PT) não tem nenhum mérito para se arvorar em ser a mãe dos brasileiros e babá do povo.
Como mulher e como mãe, com todo o respeito, afinal de contas é ela quem está explorando esta condição que não tem a mínima importância, abrindo espaço para ser contestada quanto a este aspecto irrelevante, a candidata é um fracasso absoluto.
Sempre viveu longe da única filha.
Seus dois casamentos foram um fracasso, tanto é que terminaram. Nunca cuidou de uma casa, de um lar, de " um cantinho um violão, este amor, uma canção"
Onde uma foto de véu e grinalda? Onde uma foto de batizado? Onde uma foto de namoro? Onde uma foto de festinha de criança? Onde um único gesto de "maternidade" ou de "matrimônio"?
Sua capacidade de relacionamento é tida e havida como um problema, pois a sua fama é de ser intratável, intragável, estúpida, mal educada com os subordinados.
Onde o marido? Onde o amante? Onde o macho?
Esta Dilma que quer realçar seu "lado mulher", que não é relevante para o exercício do cargo, é apenas um truque marqueteiro, simplesmente não existe.
Sua mudança de visual, na tentativa de feminilizar a sua figura tosca e bruta, é uma mistura de botox com chapinha, é resultado de manipulação exercida por uma equipe de transformação paga a peso de ouro, que trabalha em cima de um layout de avatar de presidente, superficial e forçado.
Como mulher, como "mãe que cuida", com todo o respeito, Dilma é um embuste, um truque, uma pegadinha. Ela não tem as credenciais mínimas como mãe, como esposa, como companheira fora do partido e da guerrilha, como mulher.
Que se "venda" como gestora, administradora, executiva, burocrata, o que quer que seja. Como a "mão que cuida" está mais para a "mão que balança o berço".
Muito mais do que a vida terrorista, a vida assaltante de bancos, a vida falsificada da Unicamp, está este buraco negro de personalidade, percebido sutil e profundamente pelas mulheres brasileiras que a rejeitam como candidata pois, no campo do universo feminino, não são admitidas mentiras e falsificações.

(O Estado de São Paulo)

SEM GLAMOUR


Só uma coisa me entristece tanto quanto à compra de votos durante um processo eleitoral. É a dilapidação de um patrimônio cultural, como a que vem acontecendo com o prédio onde, durante décadas, funcionou o Cinema Icaraí, em Niterói. Palco de vários eventos, exibidos na "telona", e lugar tradicional para encontros inesquecíveis de intelectuais, assíduos espectadores de lançamentos de filmes nacionais e estrangeiros e para simples paqueras ou início de relacionamentos mais duradouros, nosso ex-cinema hoje serve, apenas, para pixações, abrigo de sem-teto e outras coisas no mesmo nível. Enquanto há uma briga entre proprietários e poder público, nós, defensores de espaços culturais em áreas como aquelas, que compõem um cenário como o da Praia de Icaraí, só podemos assistir, tristes e passivos, à destruição de algo que fez parte da história de Niterói e de nossas vidas. Mas, agora, que Niterói elegeu tantos políticos "da cidade", resta a torcida para que um deles, ou todos, se unam em torno de uma causa que traduza a volta de um espaço nobre e tradicional onde, um dia, representou tanto glamour como o Cinema Icaraí.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

FRASE DA SEMANA

"PIOR QUE TÁ NÃO FICA"!
(futuro deputado federal Tiririca)

THE DAY AFTER

1- Depois de cumprirmos com nosso dever cívico - como me falou um dia o saudoso e imortal José Cândido de Carvalho -, a fase, agora, é de limpeza. Primeiro, das toneladas de papéis que emporcalharam as ruas e, depois, de ter a alma lavada, pela alegria de constatar a vitória de alguns de nossos candidatos.

2- Como este blog previu, juntamente com milhões de pessoas, vai dar segundo turno. Dia 31, round final entre a petista Dilma Rousseff e o tucano José Serra.

3- Hoje pelas ruas de Quissamã (e por todo o país) o assunto era um só. A central de fofocas políticas era um dos temas principais, ficando atrás, apenas, das revelações que eram feitas sobre seus candidatos, geralmente os vitoriosos no pleito e com o maior número de votos.

4- Já tem gente fazendo contas e previsões sobre as próximas eleições municipais, em 2012, baseados no resultado de ontem.

5- Uma coisa é uma coisa. Outra coisa é outra coisa...

6- No cômputo geral, como deve ser para quem, como eu, defende o voto distrital, os principais candidatos identificados com a região e com Quissamã saíram-se muito bem nas urnas, levando-se em conta o colégio eleitoral.

7- Há dois meses, com 30% de inspiração e 70% de transpiração, o blog do direnna previu as boas performances de Hugo Leal, Adrian, Dr. Aluizio, Christino Áureo, Comte Bittencourt, Júlio Lopes e os Garotinhos (pai e filha). A todos eles e aos outros com igual desempenho que não previmos, os parabéns e desejos para que acertem.

8- Também não se pode esquecer de mencionar o esforço de alguns líderes políticos locais, decisivo para que isto fosse alcançado.


9- E aí: com quem Marina, a boa surpresa e o fiel da balança, vai caminhar?

LUGAR DE PALHAÇO É NO CIRCO

Não sei porquê tanta onda a respeito do Tiririca, candidato democrática e legalmente eleito por São Paulo com 1.351.313 votos. Ele nos faz rir, não teve oportunidade de estudar, veio do nordeste oriundo de família humilde, não dá muita importância ao trabalho do parlamentar - que, logo, logo, vai chamar de picareta - e as coligações de seu partido e seu peso político vão reconduzir alguns "companheiros" até Brasília. Também não entendo o porquê de a Justiça Eleitoral querer impugnar sua candidatura se for comprovado que ele é analfabeto e cometeu algum tipo de fraude. Afinal de contas, nosso universo de 135 milhões de eleitores é composto por todo tipo de gente, que possui fichas limpas e sujas acobertadas ou não por jurisprudências e casuísmos e a lei deixa votar e ser votado, independente do título, bastando levar um documento original com foto. Afinal de contas, a reforma política, que entra governo e sai governo não acontece, enquanto não for tratada com seriedade continuará permitindo votos de protesto e pessoas sem nenhum compromisso ou formação engrossando as fileiras da classe política brasileira cuja conduta imoral e indecente é a maior responsável pelo surgimento de "fenômenos" como o palhaço Tiririca que milhões de eleitores, de maneira obrigatória, obrigam a fazer parte de um grande circo.

domingo, 3 de outubro de 2010

PECULIARIDADES DAS ELEIÇÕES

1- Está chegando a hora de o país saber quem serão os deputados, senadores, governadores e presidente a dirigir nossos destinos ou, pelo menos, dos brasileiros e brasileiras menos aquinhoados de razão. Teremos de quatro a oito anos - caso não aconteça uma catástrofe institucional, à La Chávez - para sorrir ou chorar com o que ajudamos a decidir.

2- Não sei, não. Mas se for verdade o que alguns institutos estão prevendo, poderá haver 2º turno para o cargo político mais importante. O crescimento de Marina e de Serra, por menor que seja, e dona Dilma "empacando", pode fazer com que surja uma zebra, lembrando aquela personagem que dava o início ao Programa Fantástico dos domingos na TV.

3- Em Quissamã, onde nos apressamos para chegar a tempo para votar, o clima está tranquilo. Em relação às eleições municipais, esta foi bem mais rápida, apesar do tempo médio que o eleitor leva para concluir o processo que tem várias etapas.

4- A prevalecerem algumas pesquisas de "boca de urna", ganho quatro e perco duas. Esperar pra ver.

5- Uma coisa me chamou mais atenção nas proximidades das seções por onde passei.Foi um vereador de Quissamã, supostamente eleitor e cabo eleitoral de Dilma, pedindo para o pessoal "Serrar". Terá sido o efeito antievangelizador de Crivella, chateado com o PT, com Lula e com a candidata petista?

6- A propósito: nunca se viu um presidente pedir votos para três candidatos a senador do RJ quando estão sendo disputadas apenas duas vagas.

ENFIM...

... AINDA DÁ TEMPO. FAZ O QUE SUA CABEÇA MANDA. AFINAL, ELA PODE SER SEU GUIA. OU SUA SENTENÇA!

sábado, 2 de outubro de 2010

O BRASIL AGONIZA

Tal qual o Luiz Nassif, "estou de luto, o Brasil morreu". Não dá pra acreditar em uma parcela do povo que tem o espítito do "tá ruim, mas tá bom"... Mesmo ainda não conhecendo o resultado das eleições de amanhã já me sinto derrotado e envergonhado. Teremos a comprovação de que nada derruba um clientelismo bem feito e uma boa limpeza de uma ficha suja. O bolsa família (em caixa baixa mesmo) - e sua grande adesão -, o auxílio-desemprego, a decretação de falências de empresas acobertada pelo enriquecimento ilícito de seus donos e os constantes equívocos institucionais continuarão a ser prova maior de que o Brasil é, literalmente, um país de malandros. E que venham as eleições. De dois em dois anos!

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

OBRIGADO PELOS CONVITES


Lamento, mas não participo e nunca participei de NENHUMA rede social. Única exceção para vídeos postados do You Tube

NÃO JOGUE O TÍTULO FORA


Na tarde de ontem, quinta-feira (30), o Supremo Tribunal Federal (STF) concluiu o julgamento de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade apresentada pelo Partido dos Trabalhadores contra a exigência de dois documentos. O placar final ficou em 8 votos a 2 pela derrubada da medida. Portanto, para votar, será suficiente a apresentação de um com foto. Né mole, não. Parece que estamos mesmo a mercê do PT e de seu clientelismo.

DE TIRAR O FÔLEGO


O debate presidencial de ontem, na TV, foi marcado pela mediocridade. Parecia que estavam todos felizes com suas posições, réplicas, tréplicas, bate-bola virtual e até com medo de perguntas mais capciosas que pudessem comprometê-las (as posições). E que as pesquisas tinham sido acomodadas, dando todos como satisfeitos. Ao contrário de alguns célebres do passado, entre "o cara" e Collor, "o cara" e FHC duas vezes, "o cara" e Serra e "o cara" e Alckimin, decisivos para o pleito, o desta quinta-feira dava, literalmente, sono e certeza de que o resultado no primeiro turno está quase líquido e certo. Ninguém desejava ver derramamento de sangue, como nos espetáculos da antiga Roma, mas um enfrentamento baseado em fatos relevantes era o que a sociedade esperava, acordada, de um momento importante como aquele. Não se faz mais candidatos e debates como antigamente.

SE BEBER, NÃO ENGRAVIDE. SE ENGRAVIDAR, NÃO BEBA!

Abraçando a causa de lutar por uma lei que não permita às mulheres grávidas ingerir bebida alcoólica, conscientizá-las do mal que faz e defendendo slogans como estes, participamos, ontem, do seminário "Síndrome de Alcoolismo Fetal" (SAF), na Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ) que contou com profissionais renomados, além de representantes de diversas instituições ligadas à síndrome, uma manifestação de defeitos neonatais específicos de crescimento, mentais e físicos que se tornam menos evidentes com o passar do tempo. Somam-se a estes, alterações globais do funcionamento intelectual, em especial déficits de aprendizado, memória, atenção, além de dificuldades para a resolução de problemas e socialização. O encontro foi marcado pela necessidade de se mostrar todos os malefícios do álcool para mulheres grávidas e de uma mudança urgente na legislação, culminando com a assinatura de um documento a ser encaminhado ao Congresso Nacional pedindo, entre outras providências, a veiculação de propagandas nos rótulos das bebidas que contenham álcool e outras substâncias tóxicas que matam e mutilam milhões de crianças todos os anos ao redor do mundo.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

À LUZ DA PSICO

Síndrome de burnout é uma doença moderna, cada vez mais comum no Brasil e no mundo. Significa esgotamento profissional depois de muito estresse no trabalho e acomete geral e especialmente quem lida com o público.

ESSE ZÉ SIMÃO!!!!!!!!!


LULA DECLAROU OUTRO DIA:
" Na verdade, não sei quando sou presidente e quando sou candidato".
O Zé Simão, na Folha de São Paulo, inteligentemente acabou com a dúvida:
" Quando ele está fazendo m.... é presidente; quando está prometendo m.... é candidato." e " quando ele sabe de tudo, é candidato; quando ele não sabe de nada, é
presidente ".

Para os chineses, 2009 foi o ano do BOI e este ano é o do TIGRE.
Felizes são eles que, a cada ano, trocam de animal.
Nós estamos há 7 anos com o mesmo jumento!
E corremos o perigo de trocar por uma égua....

DOMINGO É "O DIA"

Estamos na reta final da campanha que vai apontar quais serão nossos representantes nos poderes Legislativo, Executivo e, até, no Judiciário, uma vez que é permitido a governadores e presidente indicar ministros e conselheiros nos diversos tribunais espalhados pelo país, os quais, baseados em leis arcaicas, detêm um poder bem próximo ao absolutismo e muitas vezes fora do que esperam a sociedade e as instituições representativas. Normalmente, poderíamos dizer que este é o momento mais importante para se começar a passar tudo a limpo, abolindo os verdadeiros fichas sujas, escolhendo aqueles que vão, de fato, legislar em prol da população ou realizar obras de interesse público, sem cometer os habituais crimes de improbidade que acarretam em falta de segurança, índices de educação avaliados por baixo e saúde comparáveis a países subdesenvolvidos. Domingo, três de outubro, é uma boa oportunidade para se pensar em diminuir o assistencialismo e o clientelismo que nos envergonham e derrotam nas urnas e acabar com a história de que a responsável pela desigualdade social é a falta de verba quando na verdade todos sabemos ser seu desvio o grande mal do Brasil. Avaliar quem tem vida pregressa ilibada e capacidade para assumir um mandato é obrigação de todos nós, assim como expurgar da vida pública candidatos que não conhecem suas prerrogativas, não abraçaram a ideia de promover reformas e, principalmente, sob o pretexto de não saber de nada, permitiram tráfico de influência, quebras de sigilo e o crescimento da corrupção em todos os aspectos.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

FRASE DA SEMANA

O GRANDE JUIZ DA ELEIÇÃO É O ELEITOR.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

EFEITO CASCATA

A pesquisa Datafolha de intenção de votos para a presidência da República, divulgada, ontem, indicou queda da vantagem da petista Dilma Rousseff sobre o candidato do PSDB, José Serra. Entre os eleitores de classe média, a intenção de voto em Dilma despencou. No resultado geral, ela perdeu dois pontos percentuais em relação à pesquisa anterior, caindo de 51% para 49%. Já Serra subiu de 27% para 28%, e Marina pulou de 11% para 13%.

COMO DIZ CHICO

Por várias razões, ainda somos um país em desenvolvimento, como se diz desde o descobrimento. Em termos de política-administrativa, o que vêm fazendo o presidente e a maior parte dos congressistas é um vergonha. Praticamente, desde junho, o país está parado, com esta gente em campanha, viajando pra lá e pra cá, como se receber salários sem trabalhar fosse a coisa mais normal do mundo. Aliás, talvez só nesta parte do planeta um presidente faça, descarada e abertamente, uma campanha para eleger sua sucessora, é multado, não paga e continua fazendo as mesmas coisas. E .... e andando. Imagino se nós, eu e vocês, ficássemos tanto tempo sem trabalhar e nem ao menos aparecêssemos no local de trabalho. E ainda tratássemos os patrões com ironia. Talvez seja por estas e outras que batalhas no Supremo, como a da Ficha Limpa, estejam tão emperradas, com questionamentos e interpretações que, além de sangrar o processo eleitoral em curso, parecem querer dar guarida a malandros acostumados à boa vida e à ganhar tudo no grito. Enquanto isso, a sociedade vai "tiriricando, toffolizando" e "levando" como diz o poeta popular.

DISCO VOADOR EM NITERÓI

video

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

FICHA LIMPA TEM NOME E NÚMERO. CHRISTINO, 33233

1- Continuando (a pedidos) a "série" em quem eu voto, no próximo dia três pretendo digitar o número 33233 para deputado estadual e ajudar a reconduzir CHRISTINO ÁUREO à Alerj. Ele é dos meus, porque é Ficha Limpa, batalhador pelas causas que acredita, incondicional voz do interior principalmente quando o assunto é a agricultura e costuma agir com lealdade e transparência. E isto faz dele um bom político, um bom nome para representar o Estado do Rio e um candidato para levar nosso voto e recomendar tantos outros.

2- ...e para governador, não tem como ficar contra a maioria que acredita em SÉRGIO CABRAL e quer que ele continue à frente do Rio. Seu jeito de fazer política, concentrando esforços para que o estado continue crescendo e melhorando os serviços de segurança, saúde, educação e transporte, justificam eu também apertar o 15. SÉRGIO CABRAL, 15.

3- Não é que Serra começou a reconquistar um pontinho a cada dia. Se ele mantiver esta tendência, acompanhado pelo percentual da Marina, as possibilidades de haver 2º turno voltam como há quatro meses.

4- ORDEM DE VOTAÇÃO NAS ELEIÇÕES 2010:

I – DEPUTADO ESTADUAL
II – DEPUTADO FEDERAL
III- SENADOR PRIMEIRA VAGA
IV – SENADOR SEGUNDA VAGA
V – GOVERNADOR DE ESTADO OU DO DISTRITO FEDERAL
VI – PRESIDENTE DA REPÚBLICA

terça-feira, 21 de setembro de 2010

QUITAÇÃO ELEITORAL

Sabe aquela "tirinha" que guardamos após as votações? Aquela que comprova que votamos e é solicitada na hora de tirar passaporte, CTPS, se inscrever em alguns concursos, etc.? Você que, como nós, entupia a gaveta com este comprovante, tem, agora, a possibilidade de jogar tudo no lixo, sem gastar um centavo. Basta acessar o site do TSE (abaixo) e imprimir o comprovante de quitação eleitoral.
http://www.tse.gov.br/internet/servicos_eleitor/quitacao_blank.htm

domingo, 19 de setembro de 2010

SERRA PASSOU LÁ EM CASA


O candidato José Serra, aquele que as pesquisas apontam como derrotado nas intenções de voto, esteve na porta de nosso prédio, ontem, e nem ao menos estávamos lá para recebê-lo. Cumprimentou a turma da Moreira César, da Praia de Icaraí, conversou com fregueses da Beira Mar, beijou nossa síndica e até acenou para os vizinhos (conforme foto original enviada). Pena que não estávamos em casa. Mas não tem nada, não. Na próxima, mandaremos "passar" um cafezinho pra ele e pra sua comitiva.

FRASE DA SEMANA

VOTAR BEM É ESCOLHER ALGUÉM QUE SE IDENTIFICA COM VOCÊ, COM SUA CIDADE, SUA CLASSE POLÍTICA. E SEJA FICHA LIMPA, CLARO!

O POLVO PT


Quanto mais se aproxima o dia das eleições, mais crescem as possibilidades de o PT completar pelo menos 20 anos no poder e os escândalos como o que vimos acontecer, novamente, na Casa Civil. Antes, com o ex-ministro José Dirceu e, agora, com Erenice Guerra, o ministério number 1, por onde passa o que há de mais importante para o governo e para o país, tem sido alvo principal da mídia e achincalhado por membros do alto escalão que tentam fazer dela a Casa da Mãe Joana. Por mais que neguem e digam não saber de nada, está ficando bastante claro que existe, sim, incontrolável tráfico de influência, compadrio e nepotismo e Brasília, ao contrário do que um dia imaginaram alguns, tornou-se a capital nacional da corrupção. Se tudo der certo para eles e forem confiáveis todas as pesquisas que apontam a vitória de Dilma já no primeiro turno e a popularidade de Lula alcançando índices sem precedentes na história, casos como quebra de sigilo, cerceamento à imprensa, corporativismo (e cartões corporativos), dinheiro viajando em cuecas, mensalões e coisas assim correm o risco de se tornar uma rotina ainda maior.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

PÁ DE CAL


Quando se trata de defender interesses é, literalmente, uma guerra. Como a que está sendo travada para ocupar a presidência da República. Há poucos dias das eleições, o quadro que se apresenta é de quebra de sigilo de um lado e denúncias de tráfico de influência na Casa Civil, do outro. Muito mais grave que o vazamento de informações da filha e do genro de José Serra, são os fortes indícios de pedidos de propina feitos pelo filho da ex-ministra da Casa Civil, Erenice Guerra, que culminaram com sua exoneração "em caráter irrevogável". Afilhada da candidata petista, Dilma Rousseff, que é afilhada e indicada do presidente Lula, Erenice está no meio de mais um escândalo envolvendo membros do primeiro escalão que, nesta reta final da campanha, coloca sob suspeita - e na mira dos opositores - o ministério mais importante do governo e a própria campanha que corre o risco de ficar desacreditada perante boa parte da opinião pública. Cabe, agora, à Polícia Federal e à Justiça, prosseguirem com as investigações e processarem todos os envolvidos. E a nós, separando o joio do trigo, avaliar, com isenção, o que é melhor para o país no próximo dia três de outubro.

FIM DA LINHA

A quase duas semanas das eleições, a batalha já terminou para um em cada dez candidatos. Das 22.570 candidaturas registradas na Justiça Eleitoral nos estados e no Distrito Federal, 2.726 foram completamente descartadas por terem sido consideradas inaptas – seja por critérios de inelegibilidade, seja por falta de documentação, desistência ou morte dos candidatos. Outros motivos para a corrida ter parado para esses são candidatos, por exemplo, são a falta de filiação partidária e a não quitação de pendências eleitorais.

HONROSO CONVITE

Acabo de receber convite dos senadores Demóstenes Torres e Valter Pereira para participar de audiência pública sobre Novo Código de Processo Civil. A reforma tem como objetivo reduzir o número de recursos e racionalizar a tramitação dos processos, sem comprometer o direito de defesa. Há muito que se defende a necessidade de a Justiça dispor de um mecanismo mais célere e econômico e a reforma pode ser uma ótima alternativa. Apesar de não poder participar, torço para que o novo código entre logo em vigor pois ninguém aguenta mais ver ações se arrastarem à exaustão de qualquer bom senso.